segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Antes e depois do sempre

... Sonhou com ela. Sonhou...

Viu cores sonhadas, pintadas num mar lívido de saudades,
Das sensações inexplicáveis e memorias de sonhos simples,
Ao acordar percebeu que ela sempre esteve ao seu lado.
Por ela abraçou o mundo, mas perdeu a si mesmo.

... Os dias são tenebrosos e as noites desesperadas, mas eles caminham juntos,
Porém, separados... Entre os dois existem milhares de kilômetros e desertos
Que outrora, os dois caminhavam até de olhos fechados, confiando um no outro.
Mas existe um silêncio profundo, e sofrem amando-se mesmo separados.

E os caminhos tenebrosos são estranhos e dormir é só mais uma forma de desespero cansado,
Acompanhados pelas sombras das coisas impossíveis, mas agudas e reais.
Eles dormem e sonham, sem descanso - Sofrendo cada minuto de espera, daquilo que jamais
Vai chegar... " Eu te amo, antes e depois do sempre".