terça-feira, 13 de abril de 2010

I'm your Vinc



Quero apenas descansar o meu olhar no teu, ter as minhas mãos nas tuas e do vítreo céu do teu olhar fazer chover e trovejar. Pois quero esquecer do mundo, esquecer de lembrar e aprender o caminho certo só para me perder, que quanto mais eu me perdia mais eu te encontrava e quanto mais eu me esquecia, mais eu te lembrava, agora estou tão perdido e tão esquecido que acho que não consigo viver sem te lembrar e sem te encontrar em tudo o que vejo. " A relva era passageira, o vento demovia o campo e enfeitava a noite com flores dormentes, percebi o 8ª espectro secreto do arco-íris, mas não me preocupei, pois mesmo sendo noite, não existia escuridão, pois a minha lua iluminava as madrugadas e fazia das estrelinhas uma abóbada de fogos-de-artifício, que outrora captara toda a atenção, mas que agora existia apenas como um plano de fundo, pois o mundo é um plano de fundo para ti, e as dimensões do universo se alteram, tudo vai a ti, atraído, que mesmo se afastando, afasta-se em círculos, só para orbitar e sentir-te perto, brincando de fazer-se longe enfim."

Nenhum comentário: